Shopping Center: mudanças na estratégia de negócio devem assegurar boa fatia do mercado

O Brasil conta com mais de 495 shopping centers em operação no país, e o setor ainda promete crescimento. Dentro desse cenário, é preciso uma nova postura dos administradores e lojistas para assegurar uma boa fatia do mercado. Cada vez mais se fala em inovação nesse segmento e, para isso, é preciso mudanças nas estratégias de negócio.

É muito importante que esse tipo de empreendimento ofereça serviços e benefícios para quem faz parte dessa rede, os lojistas, que agora devem contar com um suporte que inclui treinamento, investimento e estudos dentro dos canais de venda.

Na revista “No Varejo”, Marcelo M. Bicudo, VP de Criação e Estratégia da Epigram, traz seu ponto de vista sobre o assunto e pontua que “o shopping precisa ajudar o lojista a crescer e a ampliar as vendas”.

Você pode conferir a matéria na íntegra aqui!

+ Saiba Mais

Marcelo M. Bicudo fala sobre o impacto da Copa do Mundo para o varejo, na revista “Franquia & Negócios”

As franquias localizadas nas proximidades de estádios que sediam os jogos da Copa do Mundo de Futebol estão se preparando para receber um fluxo maior de consumidores devido à competição.

Já que as campanhas vinculadas ao evento são restritas às marcas patrocinadoras, o investimento no aumento da demanda e da reformulação de um novo espaço são quesitos que podem ser aplicados para um retorno financeiro de quem se encontra nesses pontos estratégicos.

Na última edição da revista Franquia & Negócios, nosso VP de Criação e Estratégia, Marcelo M. Bicudo, analisa como as marcas que não patrocinam o evento podem se preparar para o Mundial.

Você tem acesso à matéria a partir da página 74 da revista, clique aqui e confira! 

+ Saiba Mais